CEO do NY Jets luta contra a regra do hino da NFL: 'Eu pagarei as multas'

Presidente e CEO da NY Jets Christopher Johnson diz para o inferno com a nova política da NFL em restringir os protestos de hinos ... e promete pagar as multas MESMO se seus jogadores se ajoelharem!

'Se alguém [nos Jets] se ajoelhar, a multa será paga pela organização, por mim, não pelos jogadores', disse Christopher. disse ao Newsday .

'Não haverá multas, suspensões ou qualquer tipo de repercussões. Se a equipe for multada, isso é algo que terei de suportar'.

FYI, Christopher é o irmão do dono da equipe Woody Johnson -- que atualmente está servindo como embaixador dos EUA no Reino Unido, depois de ser nomeado por Presidente Trump .

Johnson acrescentou que, embora prefira que seus jogadores fiquem em pé, ele diz que não é o lugar dele nem da liga 'colocar restrições ao discurso de nossos jogadores'.

A política foi destruída pelos críticos quase imediatamente após ser anunciada, mas parece que Johnson e os Jets encontraram uma solução alternativa.




Fonte