Johnny Depp é processado por atacar membro da equipe no set de filmagem de Biggie Smalls

Johnny Depp atacou um membro da equipe em uma filmagem, dizendo ao membro da equipe que lhe daria US $ 100 mil para socá-lo na cara ... e agora o membro da equipe quer seu dinheiro na forma de uma ação judicial.

Gregg 'Rocky' Brooks foi contratado como gerente de locação no ano passado para o filme 'City of Lies' - uma história sobre Biggie Smalls ' assassinato. Depp interpreta o detetive da LAPD Russell Poole, que investigou o assassinato.

Brooks afirma que Depp contratou 2 de seus amigos para uma cena no centro de Los Angeles em 13 de abril de 2017. Brooks diz que a cena não estava funcionando bem e informou ao diretor que eles só poderiam ter mais uma chance de terminá-la.



Rocky foi até Johnny e disse que ele só tinha mais uma chance. De acordo com o processo - movido por Baker, Olson, LeCroy e Danielian - Rocky estava preocupado com a volatilidade de Depp e foi buscar um oficial da polícia de Los Angeles para proteção. Antes de Rocky chegar ao policial, ele afirma que Depp o atacou e gritou com raiva: 'Quem diabos é você? Você não tem o direito de me dizer o que fazer'.

Rocky diz que Depp o socou duas vezes na caixa torácica. Rocky diz que não reagiu, e foi quando Depp gritou: 'Eu vou te dar $ 100.000 para me dar um soco na cara agora'.

Rocky afirma que Depp continuou seu discurso e seus guarda-costas o removeram da área.

Rocky diz que durante a briga o hálito de Depp cheirava a álcool.

A ação pede danos não especificados.

Entramos em contato com o representante de Johnny, até agora nenhuma resposta.




Fonte